FAQ's

Qual o critério de seleção dos doentes que beneficiarão de um equipamento?
O estou dirige-se aos doentes que têm capacidades físicas e cognitivas para usar o equipamento, contudo, não possuem equipamentos eletrónicos para o fazer. De entre os doentes que preencham este critério, caberá à equipa multidisciplinar do hospital a atribuição do equipamento de acordo com a disponibilidade destes.

O software é compatível com iOS?
Não, nesta fase, apenas é compatível com Android – versão igual ou superior à 8.

É possível partilhar os tablets entre os doentes?
Não. O software estará configurado de forma específica para cada doente, para que o doente possa comunicar com a frequência e duração que desejar. Além disso, esta característica elimina o risco de infeção cruzada entre doentes.

Quando o doente a quem tiver sido atribuído um equipamento tiver alta do hospital, para quem fica o tablet?
Fica no hospital; depois de devidamente higienizado, pode ser reconfigurado e atribuído a outro doente que preencha os critérios de seleção.

Há algum custo para o doente ou para a família que o contacta?
Não! A utilização é gratuita para o doente e familiar, que precisará de usar um computador e/ou smartphone com ligação à internet.

Os tablets só estão disponíveis para utentes internados em hospitais públicos?
Nesta fase do projeto apenas são elegíveis os hospitais do Serviço Nacional de Saúde e as Unidade de Cuidados Paliativos com camas de internamento.

O familiar do doente tem que instalar algum programa para receber a chamada?
Não. O familiar acede através do motor de busca à sala de videoconferência do doente, através de um link que receberá por sms e/ou por e-mail.

Quem fica responsável pela manutenção dos tablets após serem doados?
Os tablets são doados ao hospital e a partir desse momento a gestão do equipamento será feita pelos hospitais.

Há hospitais previamente selecionados / definidos para beneficiarem do projeto?
Não. Qualquer hospital pode inscrever-se no local próprio para o efeito -> aqui

O familiar do doente pode solicitar um equipamento?
Não. Os equipamentos são atribuídos pela equipa multidisciplinar do hospital aos doentes, conforme critério de seleção.

Como é que os familiares dos doentes são informados sobre a atribuição deste equipamento?
A equipa multidisciplinar no hospital atribuirá os tablets aos doentes e, nesse momento, é enviado um sms e/ou um e-mail para o familiar de contacto do hospital, com o link para aceder à sala de videoconferência do doente.

Tenho um tablet usado, que está parado, e gostava de o doar para o projeto: é possível?
De forma indirecta, sim. O Estou não tem capacidade para verificar o estado dos equipamentos usados, contudo, aliou-se ao projeto Student Keep para poder também receber esse equipamento. Assim, deverá doar esse equipamento ao Student Keep que, se possível, fará o recondicionamento do equipamento e o entregará ao estou.

O que acontece caso o equipamento usado que eu doei não possa ser usado pelo estou?
Se o equipamento não for recondicionável, será usado para peças, para o recondicionamento de outros tablets de modelos compatíveis. No caso dos equipamentos possíveis de recondicionar, mas que pelas suas características técnicas não possam ser usados pelo estou, serão encaminhados para outros projetos que prestem apoio a pessoas doentes.

Os equipamentos são exclusivos para doentes internados por motivo relacionado com a Covid-19?
Não. A pandemia da Covid-19 trouxe restrições às visitas hospitalares a qualquer doente internado, independentemente do motivo do internamento. Por este motivo, qualquer doente que preencha os critérios de selecção pode beneficiar do projeto.

Como é garantida a boa gestão destes equipamentos?
Uma vez doados, os tablets deixam de ser da responsabilidade do projeto estou. Contudo, uma vez que estes são dotados de um software que bloqueia o normal uso dos tablets, a utilização destes equipamentos fica bloqueada exclusivamente ao projeto.
Adicionalmente, cada tablet tem um número de código específico associado ao software, pelo que, em caso de dúvida, a equipa de suporte que cedeu o software ao estou pode verificar a utilização ou não deste equipamento.